A Tomografia Computadorizada de feixe cônico

A tomografia computadorizada de feixe cônico é uma modalidade de radiodiagnóstico de ampla indicação e vastamente utilizada em Odontologia. A técnica permite uma visualização tridimensional das estruturas crânio-faciais, levando a um melhor diagnóstico e planejamento do tratamento do paciente.

Em 2012 a Academia Americana de Radiologia Oral e Maxilo Facial (AAOMR), se posicionou em relação a indicação de exames de imagem para o planejamento de implantes. Dentre uma série de recomendações publicadas em relação a indicação dos exames de imagens para avaliação, planejamento e acompanhamento de casos de implantodontia, a de grande relevância foi que, toda área de possível sitio implantar deve ser avaliada por cortes transversais, isso significa que toda área em que planeja-se realizar um implante deve ser avaliada por uma tomografia computadorizada, mesmo áreas tidas como relativamente “seguras” como a região anterior da mandíbula (região interforaminal), pois, a mesma pode apresentar variações anatômicas nas tabuas ósseas, ramos terminais do nervo e artéria alveolar inferior, presença de canal incisivo mandibular e alça anterior mentual. A inobservância dessas estruturas pode levar a sérias complicações trans e pós-operatórias.

Tomografia computadorizada de feixe cônico

É importante destacar que a tomografia é um exame de indicação e para isso se faz necessário conhecer as suas particularidades, como exposição a radiação, campo de visão (FOV), espessura do corte e forma correta de indicar e interpretar um exame de tomografia. Por isso é de extrema importância que o profissional clínico sempre esteja atualizado frente as tecnologias que crescem exponencialmente, só assim ele pode explorar devidamente cada uma das tecnologias e indicar corretamente o uso de cada uma delas.

Recent Posts